Pedagogia Empresarial: a ciência da educação além da escola

Empresas apostam em práticas pedagógicas para formar trabalhadores de alta performance

Em geral, ao falar em pedagogia, imediatamente associa-se o termo ao ambiente de uma escola. Afinal, desde que alcançou o status de ciência, o conhecimento pedagógico tem sido relacionado quase que exclusivamente aos aspectos teóricos e práticos da educação escolar.

Mas é bom lembrar que a Pedagogia já ultrapassou os limites das instituições de ensino e chegou a outros mercados. Um deles é o corporativo. Cada vez mais presente nas empresas, a Pedagogia Empresarial atua na formação de colaboradores por meio de técnicas pedagógicas.

Seu objetivo, portanto, é aplicar recursos cientificamente comprovados para desenvolver pessoas nas organizações, planejando e facilitando a aprendizagem, fortalecendo conceitos importantes para a performance no trabalho e estimulando mudanças comportamentais não só no campo profissional, mas para a vida. Saiba mais sobre educação corporativa aqui.

Entendendo a Pedagogia Empresarial

Se a Pedagogia é a ciência que tem como objeto de estudo a educação, a Pedagogia Empresarial é a especialização que trata do conhecimento e das relações existentes dentro das empresas. Como tal, ela tem a seu dispor uma gama variada de metodologias. A escolha dos recursos depende, antes de tudo, da necessidade de cada companhia. “É importante para os profissionais dessa área conhecer a fundo a organização para valorizar e potencializar os talentos existentes nela”, afirma Fabiana Bigão, doutora com foco em EAD e Gamificação e sócia da Viddia, empresa especializada em educação corporativa on-line.

E quem são esses profissionais? Hoje, nas corporações mais modernas, é papel do pedagogo empresarial desenvolver e compartilhar o conhecimento entre os funcionários. Para tanto, esse especialista conta com técnicas que vão desde treinamentos e cursos tradicionais até as formas mais inovadoras de aprendizagem, como educação a distância e gamificação, por exemplo.

Fazem parte da multiplicidade de recursos disponíveis, ainda, testes de aptidão, avaliações, técnicas de observação, conferência com narrativas e exposição, atividades lúdicas e que envolvam familiares dos colaboradores, eventos, entre muitos outros. “Escolher a ferramenta e a metodologia apropriadas é fundamental para que se tenham bons resultados”, esclarece Fabiana Bigão.

Benefícios para a empresa

Quando uma organização investe na Pedagogia Empresarial, está mostrando que valoriza seu capital humano. Ela sabe que são os funcionários que determinam os resultados, e que dar valor às pessoas é uma estratégia essencial para o sucesso do negócio.

Um dos primeiros benefícios da Pedagogia Empresarial, portanto, é fortalecer a marca empregadora da empresa, ou seja, a imagem de que aquela companhia é um bom lugar para se trabalhar. “E isso, por sua vez, torna-se um fator diferencial na atração de talentos”, aposta Fabiana Bigão.

Outra vantagem é aumentar a motivação e o engajamento dos colaboradores. “Empregados bem capacitados, nos vários aspectos dos quais se ocupa a Pedagogia Empresarial, além de executar melhor suas atribuições, sentem-se mais preparados e, por isso, mais estimulados para o trabalho”, esclarece.

E tem mais. Além de aprimorar as competências técnicas e comportamentais de seus trabalhadores, a empresa que aplica a Pedagogia Empresarial ganha também na melhoria do clima organizacional e da produtividade. Afinal de contas, valorizar os empregados aumenta a satisfação geral, ajuda a tornar o ambiente mais saudável e, é claro, mais eficiente.

Recursos modernos e inovadores para a Pedagogia Empresarial

Formar trabalhadores de alta performance torna-se um dos objetivos primordiais das empresas que aplicam a Pedagogia Empresarial. Mas para manter um programa de desenvolvimento de recursos humanos que seja ativo e eficiente em promover o crescimento profissional e pessoal de seus funcionários, a empresa precisa lançar mão de ferramentas que sejam realmente eficazes e inovadoras.

Algumas delas são estratégicas nesse desafio:

1)EAD Corporativo: também denominada Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), uma plataforma corporativa de Ensino a Distância (ou plataforma EAD) é um sistema que simula uma sala de aula virtual. Nesse local são publicados todos os conteúdos dos cursos on-line de uma organização, com o objetivo de oferecer para os colaboradores uma experiência completa de aprendizagem.

2) Gamificação: está relacionada ao uso de elementos de jogos para tornar atividades executadas nos mais diferentes contextos, como em escolas e empresas, mais divertidas e engajadoras. Tem sido usada em negócios, marketing, gestão de pessoas e educação, e vem ganhando popularidade. Para compreender o significado dos elementos da gamificação, baixe nosso e-book sobre Gamificação na Educação Corporativa aqui.

3) Sala de aula invertida e Ensino híbrido: é uma técnica educacional baseada na união do ensino presencial com o ensino a distância.  Consiste em mesclar atividades de aprendizagem interativas e em grupo dentro da sala de aula com orientação individual baseada em tecnologia fora do ambiente de estudo. Tem sido considerada uma das grandes tendências em educação. Saiba mais sobre sala de aula invertida em outro artigo que pode ser acessado aqui.

Como se preparar para adotar a Pedagogia Empresarial

Como parte da Pedagogia aplicada às relações existentes em uma empresa, a Pedagogia Empresarial, como já dito, demanda a atuação de um pedagogo especializado. Por isso, o primeiro passo para uma empresa que queira executar um programa de desenvolvimento de pessoas é contar com o know-how desse profissional.

“Um pedagogo empresarial possui as qualificações que são necessárias para a interação com todos os setores da empresa. Cabe a ele trabalhar para gerar as transformações em favor dos empregados e da companhia”, salienta Fabiana Bigão.

Antes de tudo, o pedagogo empresarial deve conhecer os objetivos da empresa para, a partir disso, direcionar seu trabalho junto aos colaboradores. Além disso, deve buscar conhecer cada funcionário com vistas a incluí-lo em um projeto de qualificação mais amplo e constante.

Por fim, é fundamental que todos os segmentos da empresa sejam envolvidos nas ações pedagógicas propostas. Só assim será possível promover as mudanças desejadas.

Acompanhe-nos nas redes sociais!

Siga-nos no YoutubeFacebookTwitterLinkedIn e Instagram, estamos sempre disponibilizando conteúdo gratuito de qualidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *