6 fatores essenciais para a motivação no trabalho

A palavra motivação vem do latim motivus, que significa destinado a mover. Trata-se da intenção para a ação, ou seja, do motivo que leva a fazer alguma coisa. Estar motivado é estar movido a fazer algo.

As pessoas se movem apenas e tão somente para satisfazer suas necessidades. Oferecer estímulos para que alguém se motive envolve descobrir as necessidades não satisfeitas e oferecer possibilidades de satisfazê-las. A motivação dos indivíduos é mantida, em qualquer ambiente, por meio de estímulos de alta qualidade e diferentes formatos.

Engajamento

No ambiente profissional, é comum ouvir tanto a palavra motivação quanto a palavra engajamento, mas os termos não são sinônimos exatos. Enquanto a motivação é a intenção, o engajamento é a ação para alcançar um objetivo. Para gerar engajamento, é necessário fornecer propósito, capacitar e recompensar pelo bom desempenho. Ambientes que interagem com as emoções são eficazes para o engajamento das pessoas, que pode ser definido pelo período de tempo em que elas têm grande quantidade de conexões com o ambiente.

O nível de engajamento do indivíduo é determinante para um ambiente de trabalho produtivo. Ele é influenciado pelo grau de dedicação às atividades do ambiente. Quanto à motivação das pessoas, existem dois tipos: extrínseca e intrínseca. Falamos sobre esses dois tipos de motivação em outro artigo que pode ser acessado aqui.

Os fatores que colaboram com a motivação

No ambiente de trabalho, é de interesse geral que as pessoas se sintam motivadas a realizarem suas atividades. Estudos mostram que a motivação está relacionada a um clima organizacional melhor e desempenhos melhores, bem como menor índice de faltas ao trabalho. Mas quais são os fatores essenciais para que se tenha motivação no trabalho? Abaixo citamos os 6 fatores que contribuem para o aumento da motivação:

  • Sentido: o trabalho precisa fazer sentido para o indivíduo que o realiza. Passamos cerca de 1/3 do dia dormindo e 1/3 trabalhando. Gastar esse tempo todo do dia em uma atividade que não faz sentido para uma pessoa é um dos principais motivos da falta de motivação. Por isso, é importante escolher uma atividade que faça sentido. Certamente, todos os dias realizamos atividades que nos movem e atividades que precisamos realizar, mas não são tão interessantes. O mais importante é olhar o contexto geral do seu trabalho: em geral, o que você está fazendo faz sentido para sua vida?
  • Ética: a carreira de todo indivíduo deve estar alinhada com seus valores. Os valores da empresa não devem ser conflitantes com os valores de quem trabalha para ela. Por exemplo, suponha que você seja uma pessoa com valores fortemente alinhados à redução de desperdícios e impactos ambientais. Neste caso, não seria bom você trabalhar em uma empresa que explora o meio ambiente (uma mineradora, por exemplo) e não possui projetos de tratamento de água nem de rejeitos.
  • Autonomia: diz respeito a ter liberdade para agir e não ter medo. É a capacidade de uma pessoa racional de tomar uma decisão não forçada baseada em informações. As pessoas gostam de estar no controle, em geral.
  • Reconhecimento: as pessoas precisam ser notadas pelo que são e pelo que fazem. O reconhecimento contribui para a saúde psicológica, para a liberação de potencialidades e evita o sentimento de frustração. Obviamente, o reconhecimento deve ser específico e honesto.
  • Relacionamento: os indivíduos se motivam mais quando possuem relações saudáveis no ambiente de trabalho. Certamente não precisamos ter relação de amizade com todos da empresa, mas é essencial que haja respeito, cordialidade e cooperação para o cumprimento dos objetivos da empresa.
  • Prazer: por fim, um dos fatores que também contribuem para a motivação é gostar do que faz. Conforme já foi citado, executamos atividades que gostamos e atividades que não gostamos, mas precisamos realizar. O importante é avaliar o contexto geral e saber se o que você faz no seu trabalho lhe traz boas emoções.

Motivação é um tema que permeia o ciclo de gestão de pessoas, pois está diretamente associada à avaliação e aprimoramento do desempenho, ao reconhecimento e à gestão do clima organizacional. Se você tiver interesse em compreender melhor esse ciclo de gestão de pessoas, bem como as principais funções do líder e do gestor, baixe no nosso e-book de Gestão de Pessoas de Forma Eficaz clicando AQUI.

Saiba mais sobre o assunto

Para se aprofundar mais sobre o assunto, você pode assistir grátis às 3 primeiras aulas do curso online de Liderança e Gestão de Equipes, ministrado por Roselúci Mafia, professora das melhores escolas de negócio do mundo. Clique AQUI, veja o conteúdo do treinamento online e clique em Experimentar grátis! 

Nos acompanhe

Siga-nos no YoutubeFacebook, TwitterLinkedIn e Instagram, estamos sempre disponibilizando conteúdo gratuito de qualidade!

Publicações relacionadas


Inteligência Emocional e seus cinco elementos no trabalho Existem cinco elementos fundamentais da inteligência emocional no ambiente de trabalho. Saiba quais são cada um deles, bem como o que significam. A inteligência emocional é um assunto cada vez mais estudado e comentado no ambiente de trabalho. O termo surgiu na psicologia e está relacionado...
Você é competente? Conheça os 5 elementos que definem competência Você já deve ter ouvido dizer que os gestores estão contratando as pessoas com base nas capacidades técnicas e demitindo devido a atitudes não desejadas. Pois bem, o significado de competência envolve todos esses conceitos, e vale a pena conhecê-los. O que é uma pessoa competente na sua opini...
Os diferentes tipos de motivação e o seu desempenho Todos já devem ter ouvido falar sobre dois tipos de motivação: intrínseca e extrínseca. O que poucos sabem é que existem maneiras diferentes pelas quais as pessoas se motivam, e isso impacta na qualidade da experiência vivida por cada indivíduo.   Motivação é um tema de interesse gera...
Como a sua personalidade pode impactar seu trabalho Algumas teorias sugerem que a personalidade praticamente já esta formada aos seis anos de idade, porém outras correntes defendem que há períodos críticos ao longo da vida que interferem na formação da personalidade, de forma que ela continua sendo alterada ao longo da vida.    Quando ...