Por que é difícil dar e receber feedback?

Todos nós precisamos de feedback, tanto positivo quanto do negativo. É importante saber o que estamos fazendo de forma positiva, bem como o que precisamos melhorar, para podermos corrigir as ineficiências e mantermos os acertos.

 

Feedback é um termo originado da eletrônica que significa retroalimentação. No contexto de gestão de pessoas e comunicação interpessoal, o feedback é um processo de ajuda para mudança de comportamento, ele consiste uma comunicação a uma pessoa, ou grupo de pessoas, para fornecer informações sobre como sua atuação está afetando outras pessoas. Esse processo, quando realizado de forma eficaz, ajuda o indivíduo a melhorar seu desempenho e assim alcançar seus objetivos.

Por que é difícil receber feedback?

É difícil aceitar nossas ineficiências e admiti-las para os outros, publicamente. A questão de confiança na outra pessoa é crítica, especialmente em situações de trabalho ou outras que podem afetar nosso status ou imagem. Podemos também recear o que a outra pessoa pensa a nosso respeito. Podemos sentir que nossa independência esteja sendo violada ou que o apoio que esperávamos nos esteja sendo negado.

Quando percebemos que estamos contribuindo para manter o problema e que precisaremos mudar para resolvê-lo, podemos reagir defensivamente: paramos de ouvir (desligamos), negamos a validade do feedback, ou podemos agredir o comunicador apontando-lhe também seus erros. Às vezes, a resolução de um problema pode significar descobrir e reconhecer algumas facetas de nossa personalidade que temos evitado ou desejado evitar até de pensar.

Por que é difícil dar feedback?

Gostamos de dar conselhos e com isso sentimo-nos competentes e importantes. Daí o perigo de pensar no feedback como forma de demonstrar nossa inteligência e habilidade, ao invés de pensar na sua utilidade para o receptor e seus objetivos. Podemos reagir somente a um aspecto do que vemos no comportamento do outro, dependendo de nossas próprias motivações, e com isso nos tornamo parciais e avaliativos, servindo o processo de feedback como desabafo nosso (alívio de tensão) ou agressão, mesmo que velada.

Podemos temer as reações do outro, ou seja, que o feedback seja mal-interpretado, pois, em nossa cultura, feedback ainda é percebido como crítica e tem implicações emocionais e sociais muito fortes, em termos de amizade (ou sua negação), status, competência e reconhecimento social. Se o receptor se torna defensivo, podemos tentar argumentar mais para convencê-lo ou pressioná-lo. Assim, reagimos à resistência com mais pressão e com isso aumentamos a resistência, o que acontece tipicamente em polêmicas que se radicalizam.

Muitas vezes, a pessoa não está preparada, psicologicamente, para receber feedback ou não deseja nem sente sua necessidade. É preciso atentar para estes aspectos, que constituem bloqueios à comunicação interpessoal. Se insistirmos no feedback, a pessoa poderá duvidar dos nossos motivos para tal, negar a validade dos dados, bem como racionalizar para se justificar.

Se você tiver interesse em conhecer mais sobre as barreiras que nos impedem de comunicar bem e um check-list de dicas para ter uma comunicação eficaz, baixe nosso e-book de Comunicação Eficaz aqui!

Fonte: Este texto foi extraído e adaptado do livro Desenvolvimento Interpessoal, da Fela Moscovici. 

Assista aulas GRÁTIS sobre o assunto

Para se aprofundar mais sobre comunicação eficaz, assista grátis a aulas do curso online de Comunicação Interpessoal, que discute sobre os fatores principais da comunicação, a percepção, a assertividade, a inferência, a escuta ativa e conversas difíceis. Clique aqui, veja o conteúdo do treinamento online e clique em Experimentar grátis!

Nos companhe

Siga-nos no YoutubeFacebook, TwitterLinkedIn e Instagram, estamos sempre disponibilizando conteúdo gratuito de qualidade!

Publicações relacionadas


Ganhe até 20% do seu tempo reduzindo desperdícios intelectuais O Brasil está perdendo de 4 x 0 para a Alemanha e de 5 x 0 para os EUA em termos de produtividade. Isso significa que, com os mesmos recursos (dinheiro, pessoas, máquinas), os alemães conseguem produzir 4 vezes mais, e os americanos conseguem produzir 5 vezes mais que a gente. A baixa produtividade ...
Sente-se incompreendido? Veja como melhorar. Comunicação é um tema muito importante, capaz de construir ou destruir relacionamentos. Se você já passou por situações em que se sentiu incompreendido, esse post pode te ajudar. Podemos dizer que, desde os primórdios dos tempos, a comunicação sempre foi um fator fundamental para a sobrevivência....
O que é fluxo de caixa e como pode ajudar a controlar seu dinheiro? Faça o download dessa poderosa ferramenta para te ajudar nas suas finanças. Assista ao vídeo para entender como usar. O fluxo de caixa é uma das ferramentas mais essenciais em pequenos negócios, porque trata de informações financeiras que ficam muito palpáveis para o empreendedor. Essa ferram...
Qual é a diferença entre o chefe e o líder? Qual é a diferença entre o líder e o chefe? Chefes são pessoas que possuem subordinados. Como tal, sua responsabilidade é alcançar os objetivos estratégicos e operacionais da empresa em que trabalham, e só é possível fazer isto com gente motivada. Assim, todo chefe tem que gostar de pessoas e ter ta...