3 métodos de negociação que você precisa reconhecer

Você já negociou qualquer coisa com alguém e saiu com a sensação ou aquele mal-estar de que saiu perdendo? Já se desgastou com pessoas ao negociar interesses opostos? Você percebeu que situações que exigem negociação ocorrem em qualquer profissão? Se quiser se aprofundar mais sobre negociação, assista grátis às 3 primeiras aulas do curso online de Estratégias de Negociação clicando AQUI.

Negociação é basicamente troca, não é concessão nem tomada de posse. É um meio básico de conseguir o que você deseja dos outros, oferecendo algo que atenda às necessidades deles. O objetivo da negociação é chegar a um acordo quando ambas as partes possuem interesses em comum e opostos.

Podemos negociar qualquer coisa, questões tangíveis e intangíveis. Exemplos de questões tangíveis são orçamento, cronograma e recursos. Exemplo de questões intangíveis são reconhecimento, confiança, boas relações de trabalho e senso de compromisso. Ou seja, posso ficar até mais tarde no trabalho essa semana em troca de reconhecimento por parte do meu gestor.

É importante ter em mente que a negociação nas relações pessoais e no ambiente de trabalho, na maioria das vezes, deve ser encarada como uma ferramenta usada para conciliar interesses diferentes. Um dos erros que as pessoas cometem é pensar que a negociação é sempre usada para se obter vantagem dos outros. Para que tenhamos relacionamentos saudáveis e pautados pela confiança, é essencial que a negociação tenha como objetivo obter vantagens para todas as partes envolvidas. Para que esse objetivo seja atingido, as duas partes da negociação devem estar alinhadas quanto a isso. O problema é que muitas vezes os negociadores adotam métodos diferentes. Identificar e saber lidar com esses métodos de negociação é fundamental para ter um acordo de sucesso para todos.

Existem basicamente 3 métodos de negociação. Neste post vamos explicar brevemente cada um deles. Para conhecer mais em detalhes sobre os métodos de negociação, o planejamento e táticas de negociação, faça o download gratuito do nosso e-book Guia Definitivo da Negociação Ganha-Ganha clicando aqui.

Negociação Soft

Nesse método, os negociadores são amigáveis, e dão mais importância a evitar conflitos pessoais. Existe grande sensibilidade de ambas as partes, com importância para o relacionamento. As partes fazem concessões com facilidade para chegar a um acordo amigável. O problema desse tipo de negociação é que pode existir muita concessão por uma das partes, que pode acabar se sentindo explorada ou em desvantagem em relação ao processo de negociação e seus resultados.

Negociação Hard

Nesse método, o objetivo final é ganhar e, principalmente, fazer com que o outro perca. As partes se vêem como adversárias, ambas costumam tomar posições muito fortes e são inflexíveis a mudanças de posições. Geralmente esse tipo de negociação acontece quando não se espera que haverá uma nova negociação futuramente com as mesmas partes. As partes adquirem posições iniciais extremadas, com grandes exigências e concessões mesquinhas. Isso porque as concessões são vistas como sinal de fraqueza. Algumas vezes, as partes podem simular ter autoridade limitada para fazer concessões e usam táticas emocionais para conseguir concessões. Em geral, esse tipo de negociação compromete a confiança e o relacionamento entre as partes, reduzindo possibilidades de negociações futuras.

Negociação baseada em princípios

Esse método foi desenvolvido pelo Harvard Negotiation Project. Ele enfatiza a resolução das questões baseada nos méritos e dá prioridade a ganhos mútuos. Existe a preocupação em se ter a percepção correta a respeito dos interesses do outro lado. Neste caso, a negociação é vista como uma ferramenta, existe troca de informações legítima entre os negociadores. Em caso de conflito, resultados são baseados em critérios justos. Ela é também conhecida como sendo dura com os problemas e leve com as pessoas. Ou seja, é possível obter aquilo que se deseja e ainda assim agir com decência.

 

Existem 7 princípios da negociação baseada em princípios. Nosso e-book Guia Definitivo da Negociação Ganha-Ganha explica detalhadamente cada um desses princípios. Você pode baixar gratuitamente clicando aqui.

 

Assista aulas grátis sobre o assunto

Para se aprofundar mais sobre negociação, você pode assistir grátis às 3 primeiras aulas do curso online de Estratégias de Negociação, ministrado pelo Professor Adão Ladeira. Clique AQUI, veja o conteúdo do treinamento online e clique em Experimentar grátis!

 

Siga-nos no YoutubeFacebook, TwitterLinkedIn e Instagram, estamos sempre disponibilizando conteúdo gratuito de qualidade!

Publicações relacionadas


As 7 piores táticas de negociação nas empresas É surpreendente a hostilidade com que as áreas de compras têm se relacionado com seus fornecedores. Vamos combinar que, em linhas gerais, uma empresa decide contratar um fornecedor porque precisa que parte do escopo do seu projeto seja feito por outra empresa, devido a falta de recursos internos...
Táticas competitivas de negociação Táticas são ferramentas que auxiliam a colocar a estratégia de negociação em ação, controlar a comunicação e buscar um resultado positivo. O problema é quando elas são usadas para o mal. Devemos aprender sobre táticas competitivas, como usá-las e como nos opor a elas.   O planejamento...
Qual é a diferença entre negociação, mediação e arbitragem? Todas as 3 técnicas são usadas para tratar interesses opostos e divergências.   Quais são as diferenças que existem entre as 3 formas de solucionarmos litígios, divergências e conflitos, sejam estes  familiares, empresariais, comunitários, etc.? A negociação é uma comunicação de ...
Como negociar para vender melhor Alguns processos de vendas envolvem altos valores, demandam esforços grandes, ciclos de vida longos, conversas com muitas pessoas e rodadas de negociações difíceis. Para se aprofundar mais sobre táticas de vendas, clique AQUI e experimente grátis as 3 primeiras aulas do curso online de Vendas de Alt...